Google+ Followers

terça-feira, junho 29

Todos os homens são reis, rainhas todas as mulheres, e príncipes os trabalhos de todos.



…pois agora chove tanto que só Deus pode estar mandando, por alívio seu da importunação que lhe fazíamos. Já andam os lavradores lavrando, vão para o campo mesmo debaixo da chuva, a leiva cresce da terra húmida como saem as crianças lá donde vêm, e, não sabendo gritar como elas, suspira ao sentir-se rasgada pelo ferro, e deita-se de lado, luzidia, oferecendo-se à água que continua a cair, agora muito devagar, quase poalha impalpável, para que não se perca a forma de alqueive, terra encrespada para o aconchego da seara. Este parto é muito simples, mas não se pode fazer sem aquilo que os outros primeiro requereram, a força e a semente. Todos os homens são reis, rainhas todas as mulheres, e príncipes os trabalhos de todos.

José Saramago
No: Memorial do Convento